Seja bem vindo (a) ao site da Gastrocentro

Funcionamento : Segunda a Sexta - 7h às 18h | Sábado - 6h30 às 10h00
  Contato : 98 3235 . 4047

Endoscopia Digestiva Alta

Orientações necessárias
I – Informações sobre o exame

– A endoscopia digestiva alta consiste na visualização do esôfago, estômago e duodeno por meio de uma microcâmera digital, permitindo um diagnóstico preciso e detalhado das eventuais alterações ou lesões.
– Crianças entre 2 e 14 anos e 11 meses, devem fazer a endoscopia sob sedação. Nesse caso, é necessário apresentar também uma solicitação médica de anestesia.
– Para clientes de 15 a 74 anos e 11 meses, a endoscopia é feita com sedação endovenosa.
– Indivíduos acima de 75 anos precisam fazer a endoscopia sob sedação assistida com anestesista. Nesse caso, é necessário apresentar também uma solicitação médica de anestesia, por exigência dos planos de saúde.
– Clientes com índice de massa corporal (IMC)* entre 37 e 40 devem agendar o exame com anestesia.
– O procedimento não é realizado com IMC acima de 40. Em tais casos, para a segurança do cliente, a recomendação médica é de que o exame seja feito em ambiente hospitalar.
*Para obter o valor do IMC, basta dividir o peso (kg) pelo quadrado da altura (m).
– O procedimento não é realizado em pacientes em tratamento de hemodiálise.
– Mulheres que estão amamentando podem realizar o exame, porém devem ficar seis horas após o exame sem amamentar.
– Este exame não é realizado em gestantes.
– Quando necessário, a endoscopia inclui a realização de biópsia, tratamento de sangramento e ressecção de pólipos por polipectomia ou mucosectomia e o material colhido segue para análise anatomopatológica,
– A pesquisa de Helicobacter pylori pelo método da urease faz parte da endoscopia, não sendo cobrada à parte.

II – Critérios de realização
– Este exame é feito somente com pedido médico e agendamento prévio.
– Caso o cliente tenha alergia a Latex, o exame não poderá ser realizado.
– A idade mínima para a realização deste exame é de 2 anos.
– O exame só pode ser realizado mediante a presença de um acompanhante adulto, acima de 18 anos e capaz, desde o momento da chegada do cliente até o término do exame. Esta é uma condição indispensável. No caso de clientes com menos de 18 anos, o acompanhante, obrigatoriamente, deve ser um responsável legal (pai, mãe ou tutor).
– Nos cinco dias que antecedem o exame, não se deve fazer procedimentos com uso de contraste por via oral, como o exame de trânsito intestinal.
– O cliente precisa suspender por 7 dias, com o consentimento de seu médico, o uso de medicações anticoagulantes, a exemplo de varfarina (Marevan® e Coumadin®), clopidogrel (Plavix®, Plagrel® e Iscover®), prasugrel (Effient®), ticlopidina (Ticlid®) e ticagrelor (Brilinta®). Pradaxa® e Xarelto® devem ser suspensos por 48 horas e o Clexane® deve ser suspenso 24 horas antes do exame. O ácido acetilsalicílico (AAS® e Aspirina®) não precisa ser suspenso.

III – Preparo
– Na véspera do exame, o cliente tem de fazer um jantar leve antes das 22 horas, fazer uma dieta leve, evitando comida gordurosa e em grandes quantidades, não podendo ingerir bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem o exame.
– A endoscopia requer um jejum absoluto (inclusive de água) de oito horas.
– É necessário apresentar exames anteriores de endoscopia, se houver.
– É necessário estar acompanhado por uma pessoa adulta, que precisa ficar junto na suíte.

Atenção:

– Quando realizada em condições insatisfatórias, devido a preparo inadequado, a endoscopia é cobrada normalmente e apresenta, como resultado, um laudo parcial, informando que uma parte do estômago não pôde ser estudada por conta da presença de resíduos.

– Se o exame de colonoscopia for realizado junto à endoscopia digestiva alta, deve-se seguir somente as orientações de preparo da colonoscopia.

– Usuários de marca-passo devem reprogramar o dispositivo com seu cardiologista antes do exame.
– Para usuários portadores de CDI (cardiodesfibrilador implantável) o procedimento deve ser realizado em ambiente hospitalar.

– Não realizamos Endoscopia com a visualização da papila duodenal.

IV – Tempo de duração
– O exame dura, em média, de 10 a 15 minutos, incluindo o preparo.
– Após a endoscopia, é necessário permanecer de 30 a 40 minutos em repouso.

V – Cuidados após o exame
– Ficar repousando até que se sinta perfeitamente bem.
– Após a cessação do efeito da anestesia na garganta (cerca de 30 minutos após o término do exame), pode-se ingerir alimentos leves e mornos.
– Devido ao uso de sedativo, não é possível dirigir automóvel ou outros veículos durante todo o dia após a realização da endoscopia.
– Durante um período de aproximadamente oito horas após o exame, não realizar tarefas que necessitem de atenção, tais como mexer com máquinas e objetos cortantes.
– Recomenda-se que o indivíduo faça repouso no restante do dia, alimentando-se com dieta leve e evitando bebidas alcoólicas.
– A medicação usada na sedação pode ocasionar um período curto de amnésia.
– Quando são realizadas biópsias durante a endoscopia, existe a possibilidade de sentir um leve desconforto, que, contudo, é passageiro.
– Em caso de haver qualquer outro sintoma, deve-se entrar em contato com a Gastrocentro.

VI- Observações
– Caso haja necessidade da realização de biópsias ou ressecção de pólipos, cauterização de hemorragias ou colocação de clipes, haverá a inclusão e cobrança dos exames anatomopatológicos de cada lesão diferente que for biopsiada e de cada pólipo retirado, bem como do procedimento de retirada dos pólipos (polipectomia ou mucosectomia) e procedimento de tratamento de sangramento. Muitas vezes só é possível saber isso durante a realização do procedimento.
– Dessa forma, recomendamos que antes de iniciar o exame, o cliente se informe na recepção, sobre os valores de tais procedimentos e cobertura pelo plano de saúde.
Jejum
– Acima de 2 anos de idade jejum mínimo necessário de 8 horas.

Visite: http://www.sobed.org.br/