Seja bem vindo (a) ao site da Gastrocentro

Funcionamento : Segunda a Sexta - 7h às 18h | Sábado - 6h30 às 10h00
  Contato : 98 3235 . 4047

Colonoscopia

Instruções
Orientações necessárias
I – INFORMAÇÕES GERAIS

– A colonoscopia consiste em um exame endoscópico que tem o objetivo de avaliar o intestino grosso e o fim do intestino delgado, permitindo a realização, se necessário, de procedimentos invasivos, tais como biópsias e remoção de pólipos e lesões.
– Se houver a necessidade da realização de biópsias, ressecção de pólipos por Polipectomia ou Mucosectomia, cauterização de hemorragias ou colocação de clipes, haverá a inclusão e a cobrança dos exames anatomopatológicos de cada lesão, bem como do procedimento de remoção dos pólipos. Na maioria das vezes, só é possível saber da necessidade dessas intervenções no decorrer da colonoscopia. Dessa forma, recomendamos que, antes de iniciar o exame, o cliente se informe na recepção, sobre os valores de tais procedimentos e cobertura pelo plano de saúde.
– O exame só é feito em clientes com idade a partir de 15 anos, sempre com agendamento prévio e mediante a apresentação do pedido médico.
– O procedimento é efetuado sob sedação. Indivíduos acima de 75 anos precisam fazer a Colonoscopia sob sedação assistida com anestesista. Neste caso, é necessário apresentar também uma solicitação médica de anestesia, por exigência dos planos de saúde.
– Clientes menores de idade (<18 anos): a presença dos pais é permitida na sala de exame somente até iniciar a sedação.
– Para que o procedimento seja realizado, é indispensável que o cliente permaneça acompanhado por um adulto capaz e maior de 18 anos desde o momento de sua chegada à unidade até o término do exame. Para menores de 18 anos, o acompanhante, obrigatoriamente, deve ser um responsável legal (pai, mãe ou tutor).
– Clientes com índice de massa corporal (IMC)* entre 37 e 40 devem agendar o exame com anestesia, na Unidade Higienópolis.
Para obter o valor do IMC, basta dividir o peso (kg) pelo quadrado da altura (m).
– O procedimento não é realizado em adultos com IMC abaixo de 17 e acima de 40. Em tais casos, para a segurança do cliente, a recomendação médica é de que o exame seja feito em ambiente hospitalar.
– O cliente deve apresentar resultados de colonoscopias anteriores ou de exames relacionados com a investigação, a exemplo do enema opaco, se houver.
– O exame não é feito em gestantes, mas pode ser realizado em mulheres que estejam amamentando.
– É necessário que haja um intervalo mínimo de cinco dias entre a colonoscopia e métodos diagnósticos que utilizem contraste por via oral.
– Pacientes portadores de marcapasso devem agendar com anestesia, é necessário constar no pedido a descrição de “ANESTESIA” (procedimento realizado somente com solicitação médica)
– Para usuários portadores de CDI (cardiodesfibrilador implantável) o procedimento deve ser realizado em ambiente hospitalar.
– O procedimento não é realizado em pacientes em tratamento de hemodiálise.
– Caso o cliente tenha alergia a Latex, o exame não poderá ser realizado.

II – Preparo
1- SETE DIAS ANTES DO EXAME

– O cliente precisa suspender por 7 dias, com o consentimento de seu médico, o uso de medicações anticoagulantes, a exemplo de varfarina (Marevan® e Coumadin®), clopidogrel (Plavix®, Plagrel® e Iscover®), Prasugrel (Effient®), ticlopidina (Ticlid®) e ticagrelor (Brilinta®), assim como reposição oral de ferro e Xenical® e etexilato de dabigatrana (Pradaxa®) 2 dias antes do exame. Pradaxa® e Xarelto® devem ser suspensos por 48 horas e Clexane® deve ser suspenso por 24 horas antes do exame. O ácido acetilsalicílico (AAS® e Aspirina®) não precisa ser suspenso.
2 – CINCO DIAS ANTES DO EXAME
– O cliente tem de interromper o consumo de sementes e cereais integrais, como linhaça, trigo, aveia, centeio e cevada, incluindo produtos que contêm esses grãos em sua composição, a exemplo de macarrão integral, pão integral, arroz integral, cereais matinais e biscoito de aveia, entre outros. A ingestão de tais alimentos prejudica o preparo de cólon.
3 – NA VÉSPERA DO EXAME
A – ALIMENTAÇÃO (DIETA)

– Durante o dia, o cliente deve ingerir, no mínimo, dois litros de líquidos de coloração clara, como água, chá, sucos coados ou em caixa e bebidas isotônicas. Quanto maior a ingestão destas bebidas melhor!!!
– A restrição de alimentos integrais deve ser mantida. A dieta precisa ser leve, de preferência pastosa, à base de alimentos como purê, arroz branco, ovo cozido, frango ou peixe grelhado, batata cozida, caldo, macarrão sem molho, bolacha de água e sal, pão de forma, torrada ou pão francês (evitar o pão integral) e gelatinas claras.
– O cliente não pode comer carnes vermelhas, verduras e legumes em geral, frutas, cascas, leite e derivados, tampouco ingerir bebida alcoólica.
– Na véspera do exame, o cliente pode alimentar-se até as 20horas. A partir desse horário, só é permitido ingerir líquidos, sempre de coloração clara.

B – PREPARO DO INTESTINO EM CASA
– Os medicamentos utilizados no preparo deste exame, o cliente pode escolher Dulcolax® ou Muvinlax®.
– Tomar, por via oral, dois comprimidos de Dulcolax® às 18 h. E mais dois comprimidos às 22h
Alternativa ao Dulcolax: em torno das 18 horas tomar, por via oral, dez envelopes de Muvinlax® diluídos em um litro de água. Essa solução deve ser consumida paulatinamente, num período máximo de duas horas.
– Depois disso, é necessário ingerir, também aos poucos, em um intervalo de uma a duas horas, mais um litro de água ou de algum outro líquido de coloração clara, como chá, sucos coados ou em caixa e bebidas isotônicas.
– Pessoas com diagnóstico de doença inflamatória intestinal, como retocolite ulcerativa ou doença de Crohn, devem evitar o Muvinlax®.
– Vale lembrar que essas medicações causam diarreia, com o objetivo de limpar o intestino, e podem causar cólicas abdominais. Sendo assim, é aconselhável que o cliente permaneça em casa.
– Atenção:
– Indivíduos obstipados (com intestino preso) precisam começar a dieta e o preparo com laxante na antevéspera do exame. Portanto, têm de tomar o Dulcolax® ou o Muvinlax® da mesma forma que na véspera.

III- Orientações para o dia do exame

1- ALIMENTAÇÃO (DIETA)
– É obrigatório fazer jejum de alimentos.
– Só é possível ingerir líquidos de coloração clara, a exemplo de água, sucos coados, bebidas isotônicas e chá. Leite não é permitido.
2- ORIENTAÇÕES ADICIONAIS
– Diabéticos não devem tomar medicamentos para diabetes no dia do exame.
– Recomenda-se comparecer à unidade com roupa confortável e peças adicionais para troca.
– Clientes durante o período menstrual podem realizar o exame utilizando absorvente interno
– O médico ou a enfermeira do setor precisam ser informados a respeito dos eventuais problemas de saúde do cliente e dos medicamentos em uso.
– Antes do procedimento, será feito um preparo adicional na unidade, que consiste na ingestão de uma medicação líquida por via oral para a limpeza do intestino. Essa fase dura, em média, duas horas, mas é variável. Indivíduos obstipados podem necessitar de tempo mais prolongado.
– O período total de permanência no Fleury para a realização da colonoscopia é, em média, de quatro horas, dependendo da função intestinal de cada pessoa.
– Se o exame for feito juntamente com a endoscopia digestiva alta, o cliente precisa seguir as instruções de preparo da colonoscopia.

IV- CUIDADOS APÓS O EXAME

– O cliente precisa deixar a Gastrocentro acompanhado e fazer repouso no restante do dia.
– Após a colonoscopia, o indivíduo não deve dirigir nem realizar tarefas que ofereçam riscos a sua integridade, devido ao uso de sedativos durante o exame.
– Ao longo do dia, a alimentação tem de ser leve, com ingestão de bastante líquido.
– A diarréia pode persistir ainda por 12 horas depois do procedimento.
– Em caso da realização de biópsias, podem aparecer estrias sanguinolentas nas fezes.

 

Visite: https://www.sbcbm.org.br/